O Pai da Mathilde esteve na nossa sala para nos falar da sua profissão ”operário fabril” da indústria têxtil numa fábrica na Alemanha.

O pai da Mathilde começou por nos mostrar no planisfério onde situava a Alemanha e depois mostrou-nos no seu computador a Vila onde mora e trabalha. De seguida começou por nos mostrar o que fazia, com que materiais, ferramentas e também de que forma se protegia do barulho das máquinas, dos cortes nas mãos, nos braços e também no corpo.

Aprendemos que o trabalho do pai da Mathilde era fazer os tapetes dos carros que “forram”  os carros por baixo dos assentos e também na mala. Conseguimos perceber que uns tapetes são mais fofinhos do que outros e que os mais fofinhos são para os carros mais caros. Também aprendemos que se a água tiver muita, muita força consegue cortar o que está a mais nos tapetes.

Aprendemos muitas coisas com o pai da Mathilde que foi muito simpático e paciente connosco e também nos trouxe chocolates muito bons. Agradecemos-lhe todo o carinho que nos dedicou.

 

publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:13