Pequeninos do Deu-La-Deu

pesquisar

 
Segunda-feira, 21 / 03 / 11

Visita do Pai que é Pasteleiro

O grupo 02 da EB1/JI de Mazedo recebeu uma visita importante.

Eis o registo que os meninos fizeram:

Ontem, dia 15 de Março veio à nossa sala o pai do Alexandre, que é pasteleiro de profissão e veio ensinar-nos a decorara um bolo.

Primeiro colocou um bolo de pão-de-ló fininho que cobriu com creme de pasteleiro e por cima colocou outro bolo fininho de chocolate e mais creme de pasteleiro. Ainda por cima deste colocou um outro bolo de pão-de-ló.

Depois de ter construído um castelo de bolo, cobriu com chantilly e desenhou uma minnie com um lápis mágico (pau de espetada). Em seguida, com uma folha de papel fez um cone onde colocou chantilly, geleia de morango, chocolate, geleia de kiwi e geleia de chocolate.

Com a geleia de kiwi fez ondinhas à volta do bolo e colocou folhinhas de chocolate com pepitas coloridas.

Decorou o bolo com muito jeitinho, muito carinho e muita felicidade porque este bolo era para nós.

O bolo ficou bonito, engraçado e muito docinho e delicioso.

Parabéns papá e mamã do Alexandre e muito, muito obrigado de todos nós.

Aqui deixamos um pedacinho de bolo para todos vós.

 
publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:00
Domingo, 20 / 03 / 11

Educar com o coração

Na educação das nossas crianças, todo o exagero é negativo.O texto abaixo, de Eugénia Puebla, do livro “Educar com o coração” é o puro exemplo de que “os filhos são flechas que lançamos ao mundo” (Kalil Gibran)

 

Responda-lhe, não o instrua.

Proteja-o, não o cubra.

Ajude-o, não o substitua.

Abrigue-o, não o esconda.

Ame-o, não o idolatre.

Acompanhe-o, não o leve.

Mostre-lhe o perigo, não o atemorize.

Inclua-o, não o isole.

Alimente as suas esperanças, não as descarte.

Não exija que seja o melhor, peça para ser bom e dê o exemplo.

Não o mime em demasia, rodeie-o de amor.

Não o mande estudar, prepare-lhe um clima de estudo.

Não construa um castelo para ele, vivam todos com naturalidade.

Não o ensine a ser, seja você como quer que ele seja.

Não lhe dedique a vida, vivam todos cada um a sua.

Lembre-se que o seu filho não o escuta, ele olha para si.

E, finalmente, quando a gaiola do canário se quebrar, não compre outra…

Ensine-o o viver sem portas!!

publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:00
Sábado, 19 / 03 / 11

Ser Pai

Eis o que respondem as crianças do grupo 5, do Centro Escolar José Pinheiro Gonçalves à pergunta sobre o que é preciso para ser um pai.

  

O que é preciso para ser um pai?

Ter filhotes

Dar muito amor

Ter um carro

Ter um tambor

 Ser grande

Ter uma casa

Ter a chave de casa

 Ter tudo o que precisa: comida, bebida…

 Ter um trabalho

 Dar xi-corações

Tirar os macacos do nariz ao filho

Levar o filho ao jardim zoológico

Abraçar o filho

Brincar com os filhos

Ajudar a puxar as calças 

SDC10681.JPG  

publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:00
Sexta-feira, 18 / 03 / 11

Da Minha Janela

Trabalho realizado pelo grupo 9 do JI de Cortes

publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:00
Quinta-feira, 17 / 03 / 11

História do Arlequim

História recontada pelo grupo 12 da EB1/JI de Pias

____________________________________________

Era uma vez um menino, chamado Arlequim, que vivia num país distante.

Ele morava com a mãe e eram muito pobres.

Um dia o Rei decidiu fazer no seu palácio um baile de Carnaval, onde podiam ir todos os meninos e meninas do reino.

Quem tivesse o fato mais bonito ganhava um saco cheio de moedas de ouro.

As mães de todos os meninos mandaram fazer fatos muito bonitos e coloridos. Mas a mãe do Arlequim não tinha dinheiro para comprar o tecido e ele começou a chorar muito. Assim não podia ir ao baile de máscaras!

Foi então que os seus amigos trouxeram os pedacinhos de tecido que tinham sobrado dos seus fatos coloridos.

A mãe do Arlequim pegou numa agulha e coseu todos os pedacinhos, que tinham várias formas e muitas cores. Depois fez um fato multicolor para ele, que ficou maravilhoso!

No dia do baile o Rei e a Rainha gostaram tanto daquele fato tão engraçado, que ganhou o saco cheio de moedas. A partir desse dia a mãe e o pai do Arlequim ficaram com dinheiro para comprar comida e tudo o que precisava.

Vitória! Vitória! Acabou-se a história!

 

publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:11
Quarta-feira, 16 / 03 / 11

A horta do grupo 5 do Centro Escolar José Pinheiro Gonçalves

O Centro Escolar José Pinheiro Gonçalves tem um espaço dedicado à horta pedagógica que se chama “Hortalinda”.

Cada grupo tem um canteiro de horta que está identificado com uma placa.

A nossa placa está identificada com o grupo (5) e um sol. O sol surgiu em conversa de grande grupo, porque as crianças acham que as plantas necessitam da luz solar para crescerem e para se desenvolverem.

 No dia da sementeira, depois de ter sido feita a compostagem e a recolha de sementes, as funcionárias da câmara ajudaram-nos a tratar da terra e nós semeamos as batas e as ervilhas.

Esperamos que o sol as aqueça todos os dias e que a chuva as regue para que cresçam fortes e nos surpreendam com o seu fruto.

 
publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:00
Terça-feira, 15 / 03 / 11

O Peixe Vermelho

Esta história foi elaborada pelo grupo 12 da EB1/JI de Pias, a partir da magia do "maxuca-maxuca"

________________________________________________________________

 

Era uma vez um peixe vermelho, que também pode ser red fish que vivia muito longe no mar.

Um dia apareceu no mar um senhor que se chamava Fernando, numa mota de água.

De repente veio um tubarão cheio de fome que queria comer o peixe, mas o Fernando que era muito forte acelerou com a mota e fez o tubarão dar uma cambalhota.

 

 Um golfinho que estava ali perto, ouviu o grito do Fernando e veio espreitar, cheio de medo.

O golfinho e o Fernando ficaram amigos para sempre e o Fernando convidou o golfinho para viver na praia perto da casa dele.

  

Quando chegaram à praia viram uma gaivota bebé a sair do seu ovo, porque a mãe gaivota o tinha estado a chocar.

Foi então que apareceu um patinho amarelo que era amigo do Fernando e veio conhecer o golfinho.

  

 A partir desse dia o Fernando tinha os amigos: pato, golfinho e a gaivota bebé que brincavam com ele na praia todos os dias.

Vitória! Vitória! Acabou-se a história!

publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:06
Segunda-feira, 14 / 03 / 11

Lenga-Lenga

 Lenga-Lenga elaborada pelo grupo 12 da EB1/JI de Pias

publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:00
Domingo, 13 / 03 / 11

Poema de Carnaval

Durante a última semana de Fevereiro e primeira de Março nós, os meninos do grupo 5 da EB1/JI de Monção, abordamos na sala de actividades o Carnaval. Falamos sobre as tradições,ouvimos histórias, pintamos, decoramos os espaços da escola, cantamos, ensaiamos, fizemos maracas e brincamos com as palavras, dai surgir este poema ilustrado criado pelas crianças.

 

publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:07
Sábado, 12 / 03 / 11

Boda na Bela

Desde Setembro que Troviscoso, Barbeita e Bela andam enamoradas. Têm passado os dias entrelaçados. Como têm estado muito felizes no dia de S. Valentim decidiram casar.

Começaram os preparativos para a cerimónia:

Visionamento de imagens sobre casamentos, diálogos em família, escolha de personagens.

Em grande grupo foi decidido que as figuras centrais seriam das três freguesias. Assim, ficou assente que: a noiva seria de Troviscoso, o noivo da Bela e o padre de Barbeita. As outras crianças seriam todas convidadas de honra, excepto os meninos das alianças (foram escolhidas duas das crianças mais novas).

As roupas de cerimónia ficaram ao cuidado dos pais. No Jardim fizemos o arco, coberto a rosas, por onde os noivos iriam passar.

Depois de tudo pronto fomos “casar” à vila.

De tarde houve cerimónia, bolo e baile.

O casamento tem sido um autêntico “Mar de rosas”, e os participantes esperam ser felizes para sempre…

 

 
publicado por pequeninosdodeu-la-deu às 09:00
Neste blog vamos conhecer o dia a dia dos jardins de infância que integram o Agrupamento Deu-La-Deu Martins

mais sobre mim

últ. recentes

  • Fantástico! Perante as sábias palavras do excelent...
  • Mas este Eduardo Sá agora deu em legislador?!
  • há que haver amor, brincadeira, compreensão, tempo...
  • Ah afinal ja estava aqui mais alguem a concordar c...
  • Há crianças que têm falta de ouvir um bom NAO!... ...
  • Adorei e subscrevo na totalidade. Todos nós temos ...
  • Ora aí é que está! Grande verdade! Qualquer dia um...
  • Que bela lição. Aliás quando se perde o que deve s...
  • Uau! Este senhor sabe o que diz e como o deve dize...
  • Pois é, meu caro João, é por os pais não saberem d...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro